sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008

Aparências

Sabia o que queria para si! O homem com que se imaginava seria atraente, forte, musculado, alto, culto, sensível, brincalhão, romântico, espiritual... etc. A lista apresentava um rol infindável e, se escrita, ocuparia dezenas de páginas. Depois de algumas experiências, e uma ou outra relação mais séria, tinha a plena consciência do que queria, do que não voltaria a ter, do que não voltaria a prescindir.

Não era ela bonita e agradável, divertida e querida?! Não possuía um sentido de humor requintado e inteligente? Porque parecia então que teria de ceder e aceitar menos do que o que queria? Não! Ninguém se deve contentar com menos! Ela não queria ser cobarde, não queria que a considerassem fraca. Não cometeria esse erro, não se acomodaria.

Era uma mulher independente! Educada e culta, experiente, assertiva e comunicativa. Muito profissional, dedicada e competente.

Acusavam-na de mau feitio...

Estava tão só...

91 comentários:

Silvia Madureira disse...

Estar só não implica estar infeliz. Toda a mulher quer ser amada mas ...bem amada...

Rui Caetano disse...

Depende de muita coisa, mas estar só pode, a qualquer momento, significar solidão...

marta contadora disse...

hummm...
Se era uma mulher experiente, inteligente, não entendo o musculado, o alto... o atraente com certeza, porque é vago. Não estaria com um homem que não considerasse atraente, mas o que é atraente num, não o é noutro!
Além de que, se era uma mulher experiente, já devia saber que a vida troca-nos as listas de uma forma deliciosa. Cómodo é esperar pelo que é igual à lista, que das 2 uma, ou nunca chega, ou a lista é pequena. Ser forte é arriscar, é não temer a vida!
...

Acho que tens que a sentir melhor... ;)

bj

htsousa disse...

silvia madureira,

Eu nuca disse que estar só implicava ser infeliz... aliás, afirmo que não implica.

htsousa disse...

rui caetano,

Ou incompreensão...

htsousa disse...

marta contadora,

Pois... é o problema de nunca ter sido mulher... mas vamos admitir que é incoerente nos gostos, como todos nós! ;)

(Boa crítica, estavas atenta, como sempre)

Carla disse...

queria uma cópia de si, sem os defeitos que a impediam de ser feliz.
Estar só, às vezes, é a única forma de nos encontrarmos.
Bom fim de semana

Maya Gaarder disse...

Eu continuo a acreditar que ha uma diferença enorme entre estar sozinho e estar so.
Estar so não implica a ausência de companhia, bem pelo contrario...
Estar so é um estado de alma que por norma é acompanhado de uma sensação de infelicidade, para mim é.
Contrariando um dos comentarios, toda a mulher quer ser amada, ponto final.
Não ha bem nem mal, ha amar ou não amar...não ha meio termo, não ha nunances no amor.
Amo-te muito ou amo-te um bocadinho, hoje amo-te nem por isso.
O amo-te basta, um amo-te completo que abarque tudo.

Silvia Madureira disse...

Continuo...

existem pessoas que amam de forma possessiva, existem pessoas que amam de forma egoísta...esta forma de amar nunca poderá fazer ninguém feliz...

"Saber amar é saber deixar alguém te amar".

Esta é a minha posição...toda a gente é livre de estar contra.

bfs

Silvia Madureira disse...

acrescento...se alguém me ama mas n me faz feliz, pode ir tocar cavaco para outra banda.

sem mais...

htsousa disse...

carla,

Gostei da perspectiva!

Acredito que todos precisamos de saber estar sós antes de termos algo de valor a oferecer a alguém.

Bom fim de semana

BlackStar disse...

Tal como já foi aqui dito, a 2ª frase é contraditória em relação ao resto que descreves! Provavelmente, não conseguiste perceber muito bem o que essa mulher pretendia! (Problema de gajo! :P)

Depois de algumas experiências e de relações mais ou menos sérias, uma mulher já sabe que páginas e páginas de adjectivos a caracterizar o homem ideal se vão resumir a meia dúzia de palavras quando o encontrar... que muito provavelmente apenas o vai descrever como "alguém que a faz feliz" ou "alguém que a faz sentir-se bem"... a perfeição (ou algo que lhe esteja próximo) é muito difícil de caracterizar!

Achas que o mau feitio resultava da solidão em que tinha decidido viver?

Safira disse...

Na minha modesta opinião essas coisas do Amor não funcionam à la carte...Não há uma 'Lista de requisitos', a atracção ultrapassa a lógica. Agora, na qualidade de mulher independente, entendo que o que outros possam pensar de mim pelo facto de fugir ou não às normas sociais é-me completamente indiferente. Sujeitar-se ao escrutínio da opinião pública sobre matérias do foro pessoal, e que só a nós dizem respeito, isso sim é que é ser cobarde.

Estar só? Nunca se está só, estamos sempre connosco mesmos. E se achamos que a nossa própria companhia é boa, tudo o resto se vai levando. Certo?

htsousa disse...

maya,

Era a esse "só" que eu me referia, aquele que pode existir mesmo quando rodeados de gente.

"Amo-te" ou diz tudo, ou é vazio. Até porque o amor é entrega...

htsousa disse...

silvia madureira,

Como tenho tido ocasião de escrever ao longo do blog, acho que o amor é entrega. Assim, não me parece possível amar sem ser de uma única forma.

Contudo, o coração não se rege pela lógica conceptual e é capaz de ter sentimentos antitéticos ao mesmo tempo. Como amar implica uma entrega, o nosso ego sabe que foi exposto e que está vulnerável.
Desse sentimento de protecção nasce a possessividade, o egoísmo, e muitas outras maneiras de estar.

Acredito que há apenas uma maneira de amar, mas tantas formas de lidar com isso como há pessoas.

E cada opinião vale tanto quanto as outras.

Bjs

htsousa disse...

blackstar,

Zeus me livre de perceber as mulheres, acho que dava em doido! ;)

Parece-me que dás a tua opinião, com a qual concordo. Mas isso não explica mulheres que já acumularam experiências suficientes e continuam a almejar o mesmo. ;)

Acho que o mau feitio resultava da resistência que fazia para que mais ninguém entrasse a não ser o almejado.

Anónimo disse...

Tens uma pequena oferenda no mail.

silvia madureira

htsousa disse...

safira,

Sou da opinião que essa é a melhor forma de estar na vida!

Mas há quem se apegue a uma lista de características e não se permita sentir mais nada nem deixar entrar ninguém.
E depois admiram-se de esperar tanto por alguém...

Eu gosto muito de estar comigo, mas eu sou um pouco narcisista! ;)

BlackStar disse...

Eu ia comentar isto e dizer que as relações (sejam sérias ou não) servem, se não for para mais, para ganhar experiência!

Eu ia comentar isto e dizer que, por pior que seja a relação, pelo menos descobrimos mais coisas que não queremos.

Eu ia comentar isto e concluir que tendo em conta os dois aspectos anteriores, só se a mulher em questão fosse muito estúpida (e tu dizes que não é) continuaria a desejar o mesmo!

Ia... mas como depois dizem que eu sou teimosa e tenho a mania de ter sempre a última palavra, não comento! :P

Beijo e bom fim de semana! ;)

Helluah disse...

essa do mau feitio!! deves.te ter inspirado em alguém

elvira carvalho disse...

A solidão mais pesada deve ser a que se tem ao lado de quem nos não entende.
Por isso é bom que ninguém se contente com menos do que aquilo que merece.
Bom fim de semana
Um abraço

Ana disse...

Mais valia ter pedido o euromilhões, é que nem noutra vida ela iria encontrar um homem com todas essas qualidades, é como encontrar uma agulha no palheiro :P
Ah e se ela fosse assim tão inteligente já tinha era comprado um daqueles testes americanos de adn via correio e em menos de um ano teria a seus pés possiveis almas gémeas ou "adnénicas" Lol...

Gione disse...

Oh HT, se calhar a moçoila está à tua espera ;)
Acabava-se-lhe o mau feitio e nunca mais estaria só!
2 em 1!

Bellatrix disse...

estar sozinho e ser solitário não é o mesmo.. felizmente!

beijinhos!

Teté disse...

E nunca lhe disseram que príncipes encantados não existiam? Nem ela é "princesa", para exigir tanto de um homem só...

Considero muito salutar um certo grau de "exigência" - não tem de ser o/a primeiro/a que nos aparece à frente - mas com um "caderno de encargos" desses, suponho que ninguém lá chega... Não existem homens ou mulheres perfeitas (e a existirem devem ser tipo santinhos no altar, o que é extremamente entediante), portanto resta encontrar alguém compatível com o nosso modo de estar na vida, se o interesse for esse...

A "solidão" pode ser uma escolha própria! Às vezes, também por desencanto com os ditos príncipes e princesas sonhados... ;)

nuvem disse...

Olha, identifico-me com esta personagem. Também sou exigente, decidida e independente. E prefiro estar só do que mal acompanhada.

E concordo completamente com a Marta contadora :)

Tens um mimo na minha nuvem.

Beijinhos

Mim disse...

Aguardo a continuação. O fim parece ser o prefácio para uma continuação.

Do meu ponto de vista esta mulher aqui descrita por ti não é assim tão inteligente com ela própria se julga, acredito que uma pessoa com o mínimo de inteligência emocional sabe que para uma relação poder dar certo não se pode começá-la com tão elevado grau de exigência e que ou aceitamos as pessoas como elas são ou não.

Esta mulher aqui descrita, acusada de mau feitio pelos outros, considera-se a ela própria bonita, agradável, divertida e querida. Como pode ela ter uma visão de si tão incompatível com a dos outros? Como pode ela ser achar-se tão querida e estar tão só?

Esta mulher ou não se conhece minimamente ou é uma adolescente que ainda sonha com o príncipe encantado e não teve relações assim tão sérias como pensou ter.

Assim, aguardo o final :)

Beijos

Formiguinha disse...

Medo... muito medo

mau feitio disse...

este texto foi estranho para mim

Feitiozinho disse...

Sabes, nem sempre é fácil... saber o que se quer e conseguir o que se deseja são coisas muito diferentes...

tavguinu disse...

e então ?

McLlyr disse...

A "lista" são as expectativas que criamos, não só em relação ao outros, mas com nós próprios…
Imaginamos… Mas a realidade é outra e a vida troca-nos as voltas. Nada é, exactamente, o que esperamos ou pretendemos…

Para amar e sermos amados depende de muitos outros factores para além de preferência, como por exemplo, a oportunidade… Não apenas a oportunidade que se apresenta mas também a oportunidade que oferecemos…

Estaria só porque nunca ofereceu a oportunidade a ninguém que não correspondesse às expectativas criadas…?

Maria Bloch disse...

Nunca está só, quem está acompanhado de si próprio e dos seus pensamentos. Talvez a solidão seja aparente, um estado lacónico de transferência para um outro estatuto em que a princesa exigente que descreves, espera encontrar esse príncipe cheio de requisitos, ou, ao contrário, abdica dele e de outros sapos com verrugas!

Maria Bloch disse...

Escrevi primeiro, em função do teu post, agora apetece-me escrever em função dos comentários (maravilhosa Internet!!)
De facto, como refere a Maya, estar só não significa que se esteja sozinho, ou solitário. Quantas vezes não estamos absolutamente sós, numa relação?
E de facto, a Marta tocou na ferida, pois se é experiente, ainda acredita no mito do homem bonito - princípe encantado? Não será antes uma experiente sonhadora, que estaria só para se encontrar, como refere a Carla?
Talvez, como também refere a Blackstar, haja aqui uma espécie de missing link na tua interpretação, ou na imaginação. Recomendo um livro fantástico, porque és homem e já admitiste isso mesmo, reconhecendo alguma dificuldade em entender o cérebro feminino (“The Female Brain" Louann Brizendine). Embora eu ache que até te safas muito bem a entender as mulheres. Mas lá está... Nós também não vos entendemos assim tão bem...

Sara disse...

Tu às vezes parece que me conheces. :/

Sofia disse...

É difícil de se encontrar alguém cujos defeitos nos façam felizes... na verdade, é utópico, ou não seriam defeitos, pelo menos para nós!

O problema, penso, já o senti, é que quanto mais tempo estamos sós, mais nos habituamos a fazer tudo à nossa maneira e mais difícil se torna de abdicarmos de assim o fazer... é preciso querer mudar e alguém que para além de nos amar, tenha paciência para nos aturar! Aos poucos e em conjunto, fazer cedências mútuas, para que ambos sejam felizes... Não posso afirmar que esta seja a receita da felicidade, mas funcionou comigo! ;)

ps - obrigada pelo agasalho e pelo abraço do outro dia...

MiSs Detective disse...

silvia madureira disse tudo. e nao so a mulher, o homem tambem!

Estrellinha disse...

Bonito! Já andas a dedicar textos a moi! Ihihihih.

Estou a brincar! Por vezes a mulher precisa de ser amada e também precisa da sua "bolha", do seu espaço, da sua liberdade.
É como tudo na vida deve ser feito, em doses q.b!
:)

Azul disse...

Ás vezes, não consigo deixar-me de rever-me nos teus textos, vá-se lá saber porquê...

Vício disse...

e será que alguma das condições era ele mexer-se?
é que acho que só um boneco feito à medida...

a terapia era ela experimentar vendada! talvez aprendesse a saborear sem ser com os olhos!

Cati disse...

Tão curto este texto, mas tão próximo da realidade de tantas mulheres!
Estar sozinha não implica estar só, como estar só não implica ser infeliz, é certo.

Mas é mais difícil ser feliz quando se está só.

Mas também é difícil ser feliz quando se está mal acompanhada!

No fim de contas a vida de mulher é isto mesmo - uma escolha ou a sorte de encontrar a boa companhia que a faz feliz!

Não é fácil ser feliz... quando partilhamos a vida com alguém nem sempre temos a liberdade de fazer o que queremos. Quando estamos sós, temos essa liberdade, mas falta-nos algo...

A eterna dicotomia que faz a vida tão mais interessante...

Beijo enorme!

Daniela disse...

estar só nem sempre implica infelicidade, mas ser feliz faz parte do desejo de qualquer olhar, sorriso... de qualquer sentimento!

cacau disse...

acho que tudo se resume a: todos queremos uma pessoa que nos complete... e isso não é facil, pois não?
o que preferes? estar só ou mal acompanhada? ;)

Yashmeen disse...

Quando se quer um homem perfeito como esse, mais vale comprar um Ken.
;)

Sylvia disse...

O homem com que se imaginava não existia - por isso sonhava com ele.
Ela sonhava ser outra pessoa - por isso aparentava ser feliz.

Gostei muito. Beijinho :)

Silvia Madureira disse...

Miss Detective:

Obrigada pelas tuas palavras...é sempre bom saber que não somos uns ETS a pensar diferente de todos os outros...

Se alguém pensa como eu...é bom...é sinal que se pensar disparates não sou a única...

Vou adicionar o teu blog no meu.

abração

Su disse...

Pois é, isso das listas infindáveis de qualidades só leva mesmo a que as pessoas fiquem sós. Não há ninguém perfeito e por mais que queiramos a pessoa que gostamos vai sempre ter momentos em que nos magoa, ou nós a magoamos, e nem é por mal, é mesmo assim. Não há ninguém que corresponda 100 % ao que desejamos. POr isso, mais vale pensar só no que sentimos com o coração e não com a cabeça, para não racionalizarmos muito a coisa.
Bjks

elvira carvalho disse...

Bom fim de semana amigo.
Um abraço

Camarada Choco disse...

Divulgação

Um Blog ,dois livros!

www.camaradachoco.blogspot.com

“Camarada Choco”

e

“Camarada Choco 2”
António Miguel Brochado de Miranda
Papiro Editora

Papelaria “Bulhosa” Oeiras Parque, Papelarias “Bulhosa”, FNAC ou www.livrosnet.com

Tema: Haverá uma fronteira entre os Aparafusados e os Desaparafusados?" Outra maneira de falar sobre o Ensino Especial.

Filmes de Apresentação no “Youtube” em “Camarada Choco”

SILÊNCIO CULPADO disse...

Estar só implica ser infeliz porque o ser humano é um ser social que precisa estar integrado num grupo e viver a paixão.
Agora se me dizem que não tem que viver na mesma casa com um companheiro(a) isso eu já admito que seja dispensável desde que, emocionalmente, a pessoa se sinta realizada.
Por outro lado, ninguém de bom senso idealiza por quem se deve apaixonar. O amor acontece simplesmente e devemos deixar que assim seja.
Um excesso de auto-estima é sempre uma ausência dela.
E não é por acaso que a personagem deste pequeno conto tinha mau feitio...
Um abraço

BlackStar disse...

Sr ht,

espero que este mail o encontre bem de saúde! Resolvi escrever-lhe porque talvez esteja com algum ataque súbito de amnésia! Por isso e sendo eu uma boa alma, pergunto-lhe: o senhor lembra-se que tem um blog? Quer que lhe envie o link? (Veja lá... eu não quero que lhe falte nada!)

Era capaz de ser engraçado aparecer por lá de vez em quando, não?!

Sem nada mais de momento,

blackstar

Carla disse...

desculpa a invasão, mas é só para saber se está tudo bem
bj

Sofia disse...

mau... não me digas que estás de férias!!! olha que eu rebento!!! e isso não ia ser bonito!

L. C. disse...

Uma mulher inteligente, segura, culta, requintada... e "estava só" por saber bem demais o que pretendia num homem... a exigência e o perfeccionismo afastam da experiência, da tentativa, do risco que, afinal, dão outro colorido à vida...
**

mau feitio disse...

Desaparecest?

Justo Gallego Martinez disse...

Estar só... pode ser tudo menos ser infeliz... pode ser até dos momentos da nossa vida mais calmos e felizes :) a solidão pode ser por vezes a melhor coisa que nos pode acontecer pode funcionar como aquele momento em que nós acalmamos ideias e traçamos novos caminhos

htsousa disse...

Blackstar,

Embora empregando o discurso indirecto, as palavras escritas pretendem representar pensamentos de outrem, não uma análise minha. São os pensamentos da personagem que miraculosamente foram transcritos para este canto! :)

Beijo e bom fim de semana (embora este já seja outro!)

htsousa disse...

helluah,

Sem dúvida alguma que me inspirei em alguém! Mas este mau feitio é muito diferente do teu. :P

htsousa disse...

elvira carvalho,

Concordo em absoluto. Mas não pediremos sempre mais do que o que merecemos?

Bom fim de semana!

htsousa disse...

ana,

Analisando a insatisfação emocional nos americanos, acho melhor que ela espere pela concorrência! lol

htsousa disse...

Gi,

Eu?! Eu ando a deixar-me de caridade, não me quero meter numa destas! :P

Beijos e bom fim de semana.

htsousa disse...

bellatrix,

Nem pensar nisso. Aliás, como disse a aelvira, a solidão mais pesada acontece quando se está acompanhado!

Mas pode-se estar muito bem sozinho!

beijinhos!

htsousa disse...

teté,

E qual o ponto onde se deve desligar a exigência e pousar o "caderno de encargos"? É uma marca subjectiva, e há quem a estique até ao limite...

Um solitário é-o por opção própria, o que invalida a solidão! Os outros são auto-reclusos, em recuperação emocional, que pode, ou não, acontecer.

htsousa disse...

nuvem,

Tenho dúvidas sobre a independência da personagem... mas a personagem acha que não tem! Será que ainda te identificas? ;)

A marta contadora tem experiência de ser mulher, leva-me avanço!

htsousa disse...

Lady MIM,

"Esta mulher ou não se conhece minimamente ou é uma adolescente que ainda sonha com o príncipe encantado e não teve relações assim tão sérias como pensou ter."

Talvez seja uma mulher-adolescente, ainda a tentar perceber quem é, mas convencida que o sabe...

htsousa disse...

formiguinha,

então porquê?

htsousa disse...

mau feitio,

Estranho é um adjectivo que apenas me diz que o achaste diferente do habitual... ou seja, fiquei na mesma. ;)

htsousa disse...

feitiozinho,

Eu diria até que saber o que se quer não é o mesmo que merecê-lo!

htsousa disse...

tavguinu,

E então, vou-te dar a morada, para ligares à DHL. :D

htsousa disse...

mcllyr,

Nem sempre estas personagens continuam no trilho em que as concebi inicialmente, mas diria que sim.

Presa a sonhos, fecha os portões à realidade.

Abraço e bom fim de semana

htsousa disse...

maria bloch,

Nunca está só quem se basta a si próprio, e está na vida como quer estar. Lemos os textos sempre com base naquilo que conhecemos, na tentativa de o reconhecer nos espaços entre as linhas.

Por isso, irei procurar esse livro, mas não espero vir a perceber melhor o cérebro feminino. Nunca tendo eu sido mulher, serei incapaz de reconhecer nos textos aquilo que nunca conheci na vida.

Mas disseste algo que já é um excelente passo. A maioria das mulheres recusa-se a admitir que não percebe nada da mente de um homem! ;)

Beijinhos!

htsousa disse...

sara,

:/

htsousa disse...

sofia,

E quanto mais as pessoas se enraizam na sua esfera, mais difícil se torna criarem abertura para que alguém esteja disposto a tentar!

beijinhos e bom fim de semana

htsousa disse...

miss detective,

Só conheço uma maneira de amar... é no resto que se prendem as diferenças e os desentendimentos, na minha opinião!

htsousa disse...

estrellinha,

E como tudo na vida, o q.b. varia de pessoa para pessoa! ;)

htsousa disse...

azul,

Parece ser um problema recorrente por estas bandas... ;)

htsousa disse...

vício,

Excelente sugestão! Sem dúvida que uma pessoa assim precisa de ser surpreendida, apanhada de surpresa.

htsousa disse...

cati,

Esta é uma das eternas dicotomias da vida. Acho que temos de saber estar sozinhos para ser felizes.

Mas também acho que não podemos ser felizes se nos sentimos sós.

É do equilíbrio dos dois, único para cada um de nós, que nasce a possibilidade de se estar bem.

Beijo grande!

htsousa disse...

daniela,

Eu diria que estar sozinho sem se sentir só é indispensável para se ser feliz!

Beijinhos.

htsousa disse...

cacau,

Há já algum tempo que passei a gostar de estar sozinho, sem me sentir só, e prefiro-o a má companhia. Às vezes, até o prefiro a qualquer companhia!

Agora, entre sentir solidão ou refugiar-nos em companhia que considerámos má, é uma escolha que se faz entre duas realidades negativas, e que muito depende de pessoa para pessoa.

Acho mais importante que nos bastemos a nós próprios, independentemente das muletas que se possam usar até que se o consiga fazer.

htsousa disse...

yashmeen,

No meu caso, não resulta, não gosto da Barbie! :)

htsousa disse...

sylvia,

Exactamente!

Beijinho.

htsousa disse...

su,

:) Mas por mais que se saiba, há sempre pessoas que racionalizam tudo, não há?

Depois ficam presas na incerteza, pois a racionalidade não explica tudo...

Beijinhos.

htsousa disse...

camarada choco,

A divulgação está feita. E comentários, há?

htsousa disse...

silêncio culpado,

"Um excesso de auto-estima é sempre uma ausência dela."

Aparências... :)

htsousa disse...

blackstar,

Ex.ma menina, muito obrigado pela preocupação. O blog, embora importante, não é prioritário, pelo que tem de ceder tempo ao resto, quando este se torna escasso!

Mas continuarei a dar-lhe atenção, e espero estar de volta "em condições" de o tratar bem!

Beijo enorme.

htsousa disse...

carla,

Apenas questões de tempo, problema que já foi parcialmente sanado.

Obrigado!

htsousa disse...

sofia,

Férias? Não conheço... Isso é algum medicamento? Permite-nos ter mais tempo? Se sim, quero disso!

Não rebentes que há quem goste de te ler, rapariga!!

Beijinhos!

htsousa disse...

l.c.,

Ora nem mais! É exactamente isso!

Beijinhos.

htsousa disse...

mau feitio,

Não! ;)

htsousa disse...

justo gallego martinez,

Bem-vindo a este espaço!

Sem dúvida! Mas nem todos a encaram dessa forma. Daí a distinção entre estar sozinho ou sentir-se só.

Abraço.