segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Perfeições Imperfeitas vs Imperfeições Mais que Perfeitas

Começou por ser um comentário, a um (dois) excelentes textos publicados por esta menina. Mas ganhou vida e voou para aqui, sem eu perceber muito bem como.

Não acredito em perfeições. A perfeição é uma ilusão que traz associadas expectativas e exigências. Das coisas mais importantes que aprendemos na vida é a gestão de expectativas, e a não tentarmos fazer da vida o que ela não é. Só assim podemos realmente saborear um prato, ao invés de o remetermos simplesmente para um plano de comparação. As coisas novas saboreiam-se melhor assim, deixando que os sentidos as absorvam lentamente, na sua total plenitude, notando os sabores fortes das primeiras impressões, os aromas perfumados das características sempre presentes e o travo final.

Por cima disso, acredito na perfeição da imperfeição. Ou, parafraseando a Gi, creio que a imperfeição é mais-que-perfeita! Dado que cada um de nós tem as suas falhas, os nossos próprios modelos e projecções tornam-se pequeninos, face à espantosa plenitude da realidade. Falhamos também aí, ao formularmos o que queremos, descurando e mesmo olvidando pormenores fantástico e detalhes fundamentais. Na verdade, creio que ficaríamos muito descontentes se tivéssemos exactamente aquilo que almejamos.

A chave está na realidade, nas pequenas imperfeições que, na realidade, nos sustentam o amar.
Com ela, vêm desafios, debates, cedências, compromissos, conquistas, entregas e todo um conjunto de situações que dão cor à vida! Daí saem todos os maravilhosos desequilíbrios que nos alentam e motivam, imersos num mar de perfeição mais que perfeita que é o todo.

47 comentários:

Silvia Madureira disse...

A vida...para mim...uma luta constante por tudo aquilo no qual acredito...

O que para mim é certo ...pode ser errado para ti...certo...

Mas, daí eu gostar da palavra "meu mundo"...porque cada um tem o seu.

Existe o mundo perfeito? Não...existe uma luta diária por parte de cada um de nós para que o mundo esteja cada vez mais próximo daquilo no qual acreditamos...do nosso "mundo".

Essa luta, essa incerteza...deverá sempre ser a nossa alavanca e não um travão na espera de tudo aquilo em que acreditamos...

sê feliz, seja de uma forma ou de outra, penso que o importante é encontrares o teu verdadeiro eu ...

beijo

Silvia Madureira disse...

Tens um email denominado "fim".
Ali explico todos os meus pontos de vista sobre ti, como eu me vejo, o que pretendo para mim...

Lê com atenção...tenta perceber cada palavra escrita...às vezes para mim é difícil explicar determinados sentimentos ou opiniões...espero que não compreendas erradamente o que pretendo transmitir.

Neste momento esgotei as minhas palavras para contigo...aguardo mais momentos numa proximidade.

um beijo como sempre (nos nossos contactos)

htsousa disse...

silvia madureira,

É verdade que existe uma luta constante para tornarmos o mundo cada vez mais à nossa imagem. Isso é um instinto natural em cada um de nós, e não quero dizer com isto que é uma falha que deva ser colmatada.

Mas, e especialmente no que toca às nossas relações sociais, creio que nem sempre sabemos o que queremos, e na luta frustrante de tentar forçar situações, nos escapem outras ainda mais belas.

Beijo

blackstar disse...

Esse tema é muito complexo! Infelizmente, a maioria das pessoas anda à procura do príncipe encantado, da mulher perfeita e mesmo tendo consciência que ele/a não existe, todos continuam à procura!

Há uma música espanhola (uma espécie de música pimba) que tem uma parte da letra em que se diz "son iguales los defectos
que hoy me tiras en la cara
que al principio eran perfectos" e é a mais pura das verdades!

Beijo

htsousa disse...

blackstar,

Só o facto de ser um tema muito complexo explica andarmos todos a tentar lidar com ele. Por isso digo que a gestão das expectativas (a todos os níveis, não apenas amoroso) é das coisas mais importantes que fazemos.

O exemplo que dás mostra ainda outra coisa, que é o encantamento que se pode ter sobre alguém, e como se pinta um quadro cor de rosa, desculpando ou adulterando tudo o que não combina com o quadro. Depois, quando o quadro assume as suas cores reais, tudo o que havia sido ignorado vem à tona!

Beijo!

Sofia disse...

htsousa, desejo-te um 2008 "FUNTÁSTICO", cheio de sucesso a todos os níveis! ;)

Gione disse...

É, exactamente, na imperfeição e nos curtos e etéreos momentos perfeitos, perfeitos que ela proporciona que reside toda a essência da perfeição!
Se os soubermos ver, se os soubermos ouvir, se os soubermos cheirar, se os soubermos degustar, se os soubermos sentir, saberemos que a perfeição existe na imperfeição. É isso que nos faz lutar pela perfeição!

Maria Bloch disse...

Se, há um mês me dissessem que um post meu daria lugar a um post num outro blog e a uma variedade de comentários no limiar da perfeição, ou imperfeição, dependendo da perspectiva, certamente não acreditaria, especialmente porque não tinha um blogue...
Obrigada Colibri, por repescares os meus pensamentos pseudo-perfeitos e os transformares numa ideia mais completa, mais próxima da perfeição...

Mim disse...

É como diz a Blackstar um tema complexo que não deve ser abordado linearmente.

Partilho da tua opinião mas cometo um erro grande.

Sei que ninguém é perfeito e isso é que torna cada pessoa um ser único e cada uma dessas imperfeições caracteriza os outros e faz-nos ter afinidades ou não.

Este texto fez-me lembrar aquele da tempestade e da bonança, em como um não existe sem o outro. o que seria da perfeição se não houvesse imperfeições?

Qual chave que só abre uma porta específica também assm são as nossas (im)perfeições. Perfeitos para uns e grotescos para outros, conforme os conceitos de cada um.

Tens no teu texto uma farse pertinente: "não tentarmos fazer da vida o que ela não é". O que não é mais, a vida, a não ser uma aprendizagem constante?

Beijinhos, bom 2008, muitos 0.0 ;)

Marta disse...

Eu acho que a imperfeição é perfeita!

Um bom ano para ti

nuvem disse...

Não posso estar mais de acordo contigo... Já começa a ser habitual :) Excelente texto... Perfeito.

Beijo e um Feliz 2008

Trina Vela disse...

Amigo,

Eu, no meu jeito "tosco" de expressão (que bem conheces), não diria melhor!!!
É o fim dos príncipes em cavalos brancos e das donzelas presas nas torres do castelo.
Acrescento, ainda, que a imperfeição me maravilha e me faz feliz, já não stressado.

Abraço,

lurainbow disse...

Muito
AMOR
Paz
Saude
Tranquilidade e acima de tudo MUITA VERDADE ...

Magico e ESTRONDOSO 2008 e que todos os nossos sonhos se realizem ...
Beijinhos Cheios DE COR

elvira carvalho disse...

Também não acredito na perfeição. Minha avó dizia que perfeito era Cristo, e por isso o mataram. Não sei se Cristo era perfeito, mas se era semelhante a nós não o seria certamente.
Obrigada pelas suas visitas, lá no Sexta-feira.
Um abraço e um excelente 2008

ariel femea disse...

Perfeição sob duas formas: uma aliada á ilusao, ao ireal, ao fugaz, frequente na visao de um apaixonado; e outra aliada á aceitação das imperfeições, dos defeitos... Depois o perfeito para uns pode nao ser o perfeito para outros...

Daniela disse...

a perfeição é um estado inantígivel!!!

Alfacinha disse...

Novo ano, velhas questões...

Creio que nunca haverá respostas certas, erradas, completas ou fechadas sobre estes temas...

De qualquer forma, gosto da perfeição enquanto ideal que se busca, que nos motiva a seguir em frente, a querer mais e melhor, para nós, para o mundo, para os que amamos... Mas sim, tenho consciência que o perfeito não existe... Até porque, se existisse, estava comigo!... ;) (brincadeirinha!...)

Ah! Ainda bem que achas os desequilíbrios maravilhosos!!! Eu também acho, mas em mim é normal... :)

Let it be...

PS: miss u... bjnhs e bom ano.

Rosa disse...

Como tudo, a perfeição é absolutamente relativa. O que é perfeito para mim não o é para ti, and so on. A minha perfeição também está nas imperfeições, mas cada um sabe de si.
Posto isto, sou da opinião que a perfeição existe, sim.

Melissa Yedda disse...

Que 2008 te possa ser mais que perfeito! Um beijinho.

Anónimo disse...

se a perfeição existisse acho que seríamos todos dispensáveis...porque, no fundo, acredito que é essa nossa busca (apesar de inatingível) da perfeição que nos faz saborear um dia após o outro. E não podia estar mais de acordo contigo quando dizes que a gestão de expectativas é das coisas mais difíceis que existe mas, por outro lado, quando o conseguimos fazer (minimamente, pelo menos)é sinal que estamos num saudável processo de auto-conhecimento.
Bom ano
Carla

Ana disse...

Belo texto, simplesmente imperfeito ;P
Bom Ano pra ti HTSousa, Beijinhos

Vício disse...

ao contrario do que dizes, a perfeição existe!
de vez em quando vou meter um moeda na maquina de jogos lá do bar para jogar um Kings of Fighters 2K2 e se chegar ao fim dum combate sem perder energia a maquina diz PERFECT! por isso a perfeição existe!

htsousa disse...

sofia,

Obrigado.

htsousa disse...

gione,

Nem mais, por mais que os sonhos sejam necessários, também é preciso saber que eles são apenas esboços de algo, e não as plantas definitivas. É preciso acalentar essa dose de humildade no viver.

htsousa disse...

maria bloch,

Não os repesquei, um pequeno comentário ganhou forma, independência, e tornou-se post!

htsousa disse...

MIM,

Pões o dedo na questão, a subjectividade que faz com que o dilema fique para sempre por resolver, pois é subjectiva. Qual o ponto a partir do qual se deve aceitar e não fazer da vida o que ela não é? Ou até quando se deve insistir nos nossos sonhos e desejos e moldar o mundo um pouco?

É nessa dicotomia que surgem as verdadeiras empatias.

Beijinhos, excelente 2008.

0.0 tem sido uma constante quando conduzo ;)

htsousa disse...

marta,

Não falo apenas na imperfeição da vida, mas na imperfeição dos nossos desejos e planos. É esta que é difícil de percepcionar. Mas eu sei que tu achas.

Bom Ano!

htsousa disse...

nuvem,

Mau! Então vens com elogios, para no fim mostrares que não concordas com nada do que eu disse, apelidando-o de perfeito?! ;)

Beijo e Bom Ano!

htsousa disse...

trina vela,

Caro Amigo, isso é porque passaste a sentir a beleza do estado dinâmico da imperfeição perfeita!

Abraço

htsousa disse...

lurainbow,

Obrigado pelos votos de 2008, estão muito bons! Desejo exactamente o mesmo.

htsousa disse...

elvira carvalho,

Mas conseguimos dosear e gerir as expectativas?

Abraço

htsousa disse...

ariel femea,

É a subjectividade em funcionamento!

htsousa disse...

daniela,

Mas continuamos todos sempre atrás dela, não é?! Como Quixote atrás dos moinhos de vento.

htsousa disse...

alfacinha,

Andavas desaparecida... e eu também. Nesta altura do ano há-de ser sempre o mesmo problema! :)
Antes de mais, querias dizer se o prefeito existisse, ou o perfeito? ;)

Let it be, sem dúvida, mas nem sempre se consegue. Às vezes, nem se vê outro caminho!

PS - Tem um excelente 2008

htsousa disse...

rosa,

Há momentos perfeitos, mas haverá perfeição continuada e estável, como a que geralmente almejamos para nós e nos outros?

Percebo o que queres dizer. Há sempre duas formas de se ser feliz, ter mais ou querer menos. Nesse ponto de vista, concordo perfeitamente.

Ou não fosse apenas a minha versão de imperfeição perfeita que eu estou aqui a apresentar. ;)

Beijinhos

htsousa disse...

melissa yedda,

Obrigado. Acima de tudo, que seja genuíno, e meu! Desejo o mesmo.

Beijinho

htsousa disse...

Carla,

O dinamismo de um ideal inalcansável é provavelmente o que nos impede do tédio total que deve ser um Perfeito equilíbrio!

Tem um excelente 2008, com tudo o que desejas, e o teu nome a azulinho por aqui! ;)

Beijinhos

htsousa disse...

ana,

Vou usar a subjectividade, e interpretar como um elogio... acho eu ;)

Beijinhos, Feliz 2008!

htsousa disse...

vício,

Tens razão! Os Perfects do Mortal Combat, como me fui esquecer disso!

marta contadora disse...

Concordo contigo qd dizes que acreditas na perfeição da imperfeição.
Quando se ama, ama-se as imperfeições, são também elas, ou em grande parte elas, que nos tornam únicos.
E depois, o que para mim pode ser perfeito, não o é necessariamente para ti.
Gosto de chamar diferença, caracter, personalidade!

htsousa disse...

marta contadora,

As pequenas imperfeições são o que dão cor à vida, e às relações sociais. Os pequenos desvios à normalidade e ao padrão, nem que seja um imaginado por nós, trazem associado emoção, ao invés de um estado letárgico.

Por isso defendo a autenticidade!

Beijinhos.

BlackStar disse...

Parece-me que actualizar o blog seria uma boa resolução de ano novo! É só uma ideia (imperfeita, claro... porque de mim não se poderia esperar outra coisa!)

alguém+ neste mar de gente disse...

já alguém disse: cuidado com o que desejas pois pode ser exactamente o que obterás ;) as expectativas podem realmente matar o momento... é pena nem sempre as conseguirmos estrangular antes de partirmos ao acontecimento!

htsousa disse...

blackstar,

O blog está actualizadíssimo. Nem sei a que te referes!

;)

htsousa disse...

alguem+,

Nunca vamos deixar de as formular, porque são intrínsecas à nossa capacidade de sonhar... mas que atrapalham, lá isso é verdade! ;)

Azul disse...

MAS A PERFEIÇÃO...EXISTE?...

htsousa disse...

Azul,

Não existe, mas muitos constroem ideais e expectativas que pensam serem perfeitas. O que eu digo é que são imperfeitos quando sonham e que as imperfeições são mais que perfeitas.

Beijos.