domingo, 30 de dezembro de 2007

Resoluções de Ano Novo

Quem me conhece sabe que não gosto. Resoluções de Ano Novo soam a hipocrisia, como Natal uma vez por ano. Se, por um lado, reconheço a natureza cíclica da vida, do Sol, da Lua, e as suas influências nos seres humanos, por outro lado, não me deixo contagiar pela euforia da ilusão de recomeços com cada novo ano, como se começássemos com uma folha em branco.
Contudo, acredito que cada minuto, cada segundo, encerra em si uma nova página completamente em branco, com apenas um valor transportado da soma dos exercícios anteriores, como se de um documento contabilístico se tratasse. Assim, recomeços, resoluções, mudanças e afins são sempre que um homem queira, e seguindo o seu próprio ciclo.

A Sílvia Madureira, no meu post da carta de Natal, havia solicitado uma mais sincera, menos irónica. Além de eu ter gostado bastante do output final daquela carta, confesso que tenho uma grande dificuldade em pedir a um velho barbudo seja o que for que vá além de uns caramelos, 15 tostões e um pião.

No que diz respeito a mim próprio, sou fiel ao princípio de ser eu o único responsável por mim, ou, na sua versão católica, "Deus ajuda aqueles que se ajudam a si mesmos." Se a isto juntarmos o axioma popularizado por Heinlein, "Tu és Deus.", facilmente concluimos o mesmo.

Assim, para o novo ano civil, tomo as seguinte resoluções:
  1. Correcta atribuição do tempo às prioridades - Poderia parecer que alocamos o nosso tempo consoante as nossas prioridades. Algo que as mentes femininas tendem em analisar e extrapolar daí conclusões, é o tempo que investimos com isto, aquilo e aqueloutro. Contudo, como qualquer astrónomo pode constatar (espero que nenhum leia isto!), a força gravitacional aumenta com a proximidade de um corpo. Assim, algo muito importante na nossa vida pode ficar temporariamente obstruído pelo peso gravitacional excessivo de outras realidades.
  2. Fazer da reciprocidade uma relativa constante (ou uma variável limitada por bandas, se preferirem), nas minhas relações sociais - as razões estão explanadas aqui.
  3. Estreitar os laços de amizade quer com os Amigos de provas dadas, quer com os tesouros recém-descobertos - pode parecer óbvio, mas há que atentar às leis gravitacionais, ou as da escuta de ruídos áudio.
  4. Pôr o trabalho no seu devido lugar, isto é, razoavelmente dentro do seu horário normal - porque isto de sair às 2h da manhã quando se entra às 9h tem de acabar!!
  5. Deixar de fumar!
  6. Carta de mota e compra da respectiva - porque quero há muito tempo!
  7. Curso de paraquedismo, provavelmente na ACUL, mas ainda em processo de selecção - mais uma vez, porque é algo que quero há muuuuito tempo!

O mais importante, prende-se com os valores que têm pautado estes textos. Acima de tudo, manter a honestidade, a humildade, a sinceridade e a amizade como princípios de base em tudo o que faço. Fazer da minha vida cada vez mais minha!

Assim, vou plagiar uma conhecida cervejeira do Norte :D e fazer este o meu lema para 2008, para mim e para os que me visitam:

Tenham um 2008 autêntico!

27 comentários:

Silvia Madureira disse...

A vida é TUA!
Faz o que entenderes!
Que sejas feliz à tua maneira, seja a voar, a cair em queda livre, a fazer ciclismo ou corrida se preferires, jogar futebol, ou a conversar com o Pai Natal (quem sabe ainda começas a gostar do velhote), a ler, a jogar no computador, a namorar, a trabalhar, a comer pipocas, a ver um filme de terror ou se preferires dramático...

Não me lembro de mais nada...não sei se alguma te agrada...

Eu...espero muito de 2008 como espero de amanhã e como esperei ontem!

UM 2008 EM GRANDE!

Silvia Madureira disse...

P.S. eu também fiz umas resoluções para 2008 mas...não as vou expor...eu gosto de secretismo...

misteeeeeeeeeerio!!!!

Silvia Madureira disse...

Esqueci de dizer...eu tenho mau feitio e sou muuuuito chata!

Silvia Madureira disse...

Cá estarei no novo ano...tens a minha síntese do que este foi...em termos de nós...

Não consigo ser completamente autêntica nesta troca de palavras...

Não conheço a tua essência...aquilo que te move...o que sei...não chega para chegar até ti...

Desculpa se te feri...devido a falsas expectativas

Mas...quem não as cria quando não se conhece?

xau pestinha

blackstar disse...

Apesar de te "conhecer" há escassos dias, devo dizer que concordo plenamente com a 4 e parece-me que a 5 é evidentemente uma boa resolução! :)

Eu não faço resoluções... espero apenas que tudo corra pelo melhor! E é precisamente isso que te desejo a ti também!

Beijo e FELIZ 2008

Hyoma disse...

Está tudo ao teu alcance!
Tudo!
Boas resoluções!

Um abraço!

Boa Passagem!

Silvia Madureira disse...

Vou fazer mais uma tentativa para voar...ao menos faço tudo num dia...

No 1º comentário estava irritada...
O 2ºcomentário é uma verdade que estou a explanar
O 3º comentário foi uma brincadeira e substituo tudo isso por "uma mulher complexa".

Vamos ver se o 4º sai de jeito?

Quando me referi a carta ao Pai Natal era uma figuração, eu também já não acredito no Pai Natal, embora o veja no centro comercial, mas desde que lhe pedi umas coisas e não trouxe, eu deixei de confiar...

O que pretendia no fundo eram esses pontinhos que afinal colocaste para todos os visitantes lerem...pensando que estavas a escrever para o velho barbudo ou para a Cinderela...a mim tanto fazia.

E gostava de ter visto mais pontinhos........................
Mas...melhor que nada!

Eu não li os teus textos desde o início e li o texto da reciprocidade e devo dizer que gostei...esse achei estar simples e directo...

Relativamente ao ponto do tabaco...concordo plenamente...isto porque não gosto de respirar fumo, isto porque é um bem para ti...espero que já tenhas interiorizado isso.

Relativamente ao ponto do trabalho devo dizer que tens toda a razão porque baralhaste muitas pessoas neste blog...ou seja...tinhas todo o tempo do mundo (mais que os outros) e de repente ...onde está o Colibri? Se nós ficamos baralhados...imagino tu!!!!!!
Tens que ter uma vida equilibrada! Trabalhando esse número de horas...penso que já fica o trabalho de 2008 efectuado (brincando).

Mas...falando sério...tens que rever esse lado!

No meu 4ºcomentário eu saí-me bem...porque ...é uma realidade...eu tenho que conhecer pessoalmente para me dar totalmente...torna-se difícil acreditar no invisível.

Este é o meu último post de 2007!
Até 2008!

Mim disse...

O que te desejo para 2008, então (e depois de ler tudo isto) é que tenhas tempo, paciência e vontade para tudo o que te propões. E sim, põe o trabalho no respectivo lugar, que podes ter um patrão mas não tens um dono, ok?

:)

Beijinhos , feliz 2008 com muitas concretizações!

htsousa disse...

blackstar,

Hum... Não te pronuncias sobre as primeiras, que são teóricas e podem-se aplicar a qualquer um.

Como expliquei, também não acredito em resoluções de ano novo. Mas acredito em metas e em princípios orientadores... tanto quanto acredito na sua mutabilidade. ;)

Os votos para 2008 prendem-se com isso mesmo, sermos autênticos, na nossa coerência e na nossa inconstância!

Beijo e um excelente 2008!

htsousa disse...

hyoma,

Claro que está ao meu alcance! Responsabilidade individual. ;)

Um abraço, e um excelente 2008!

htsousa disse...

silvia madureira,

Complexa é uma das palavras possíveis...

Quanto aos pontos elaborados, e nesta coisa de blogs, há sempre que ter cuidado para não lermos o que queremos ler. O problema da mensagem escrita, como qualquer doutorado em Comunicação poderá dizer (creio eu!), é que não passa atitudes nem emoções. Não é fácil discernir a ironia, o humor, ou outras variantes.

Relativamente ao tempo disponível, quando as circunstâncias se alteram, temos de ter a capacidade de encaixe para as aguentar. Não pode é tornar-se permanente. :)

Beijinho

htsousa disse...

Lady MIM,

"Tempo, vontade e paciência." Sem dúvida alguma, preciso de todas!! Quanto ao trabalho, uma questão relativamente temporária, espero!

Beijinhos!

Ana disse...

Este ano decidi não fazer resoluções deste tipo ou, pelo menos, não organizá-las na minha cabeça como "resoluções" de Ano Novo.
No entanto, torna-se inevitável pensar em algumas delas com o aproximar da data e sei que, quando deram as 12 badaladas, vou com certeza formular os meus desejos mais secretos.

Espero que tenhas um EXCELENTE ANO NOVO e que consigas tudo isso que desejas!

Beijinhos

marta disse...

Para ti um excelente 2008, com ou sem as resoluções todas cumpridas.
(gostei delas, das resoluções, parecem-me sinceras e possíveis)

Feliz 2008.

Beijo.

Mim disse...

Li o teu comentário no blogue da Gi, vim agradacer-te.

Obrigada por ires seguindo as minhas taralhouquices e me dares umas traulitadas :)

Beijos e reforços de um excelente 2008

htsousa disse...

nokas,

Percebo perfeitamente o que queres dizer. Espero que a vida te vá tratando bem, e que encontres tudo o que te decidires a procurar.

Eu cá por mim, farei um pedido por ti a uma ave que se diz morar em Paris! :P

htsousa disse...

marta,

Tu nem precisa que te deseje boa passagem, por isso ficam os votos de um excelente 2008!

htsousa disse...

Lady MIM,

Não o faço por ti, mas por MIM! :P

Gione disse...

Se as cumprires todas, no próximo ano dou-te um das minhas resoluções (aquelas que gostaste tanto):)

Maria Bloch disse...

Não sei se me deixei de resoluções e desejos ou se o fim do ano passado me passou literalmente ao lado. De qualquer forma, ao ler as tuas resoluções e estes comentários, não consigo deixar de pensar em mim e todos os que conheço e acreditar que 2007 representou o fim de um ciclo e que este ano que hoje começa será novo. Diferente. E caberá a cada um de nós reconhecer o que poderá fazer consigo e com o que a vida terá agora para oferecer.

Cati disse...

Ena!
Que belos desejos...
Que tenhas o tempo, a força, a coragem e também a sorte para os conseguires realizar!

Um beijo com desejos sinceros de um excelente 2008!

PS - deixar de fumar agora é mais fácil... visto que agora o fumador é quase um criminoso! LOL

htsousa disse...

gione,

LOL! Sim, tu tens muitas.

htsousa disse...

maria bloch,

Depois de um período que parece ter sido conturbado para muitos, talvez a mudança de ano seja um bom pretexto para as mudanças de atitude.

Pelo menos, deixa no ar um cheirinho a mudança, a renovação, isto é, à esperança e ao ânimo.

Estou como tu, vediamo!

poca disse...

e mai nada!

gostei.

espero que sim.
que consigas tudo isso.

Sara M disse...

yeah :) tamos no mesmo barco! fora as resoluçoes nao autenticas!! e um bom ano ;)** beijinho

Azul disse...

Não entendi o ponto 6! Ora essa!
Então andas a enganar metade do pessoal?!?
é que tenho conhecimento duma foto tua em que estás sentado numa mota, de capacete e tudo!!!
E agora , vens para aqui dizer que não tens nem moto e nem carta?!?
Ganda trafulha me saíste!!!!

FELIZ 2008 PARA TI LINDOOOO!!

htsousa disse...

Azul,

O que tu viste não foi uma mota, mas um ATP (moto 4).

Beijos